O homem de 46 anos que assaltou a geladaria Emanha 2, há cerca de 8 meses, começou esta segunda-feira a ser julgado no Tribunal de Coimbra.

O suspeito do crime está a ser julgado por ter ameaçado os funcionários do estabelecimento com uma catana e um martelo e ter levado 200 euros da caixa.

“Foi direito à caixa registadora e começou a bater com a catana e com o martelo até a conseguir abrir”, afirmou Américo Nogueiro, o proprietário do estabelecimento ao Correio da Manhã.

Apesar de ir de cara tapada e com óculos de soldador, facilmente foi reconhecido pelas pessoas, até porque já tinha estado no local no dia anterior.