A candidatura de Carlos Tenreiro já constituiu o Fórum de Estudos que irá preparar os conteúdos programáticos do futuro Manifesto Eleitoral.

Coordenado por Teotónio Cavaco, este fórum da candidatura social-democrata está a desenvolver a sua ação tendo em conta os seguintes eixos estratégicos: investimento, emprego e inovação, desenvolvimento e coesão social, mobilidade e acessibilidades, e ambiente e território. Cada um destes eixos será moderado, respetivamente, por Rui Duque, Olímpia Paixão, Margarida Viana e Delmar Damas, mas já contam com cerca de três dezenas de cidadãos e cidadãs das mais variadas áreas profissionais e políticas.

Na última semana, o coordenador e os moderadores reuniram com o candidato e mandatário a quem reportaram o estado dos trabalhos.

As propostas do Manifesto Eleitoral de Carlos Tenreiro abrangerão vetores como o Turismo, a Reforma e a Modernização administrativa, o Investimento e o Emprego, mas também a Qualidade de vida, a Transparência pública e a Defesa do consumidor, a Cultura e o Património, a Educação, a Juventude e o Desporto, a Economia social, a Habitação e a Saúde, os Transportes e as Mobilidades, a Intervenção no espaço público, a Segurança pública, e ainda a Proteção ambiental e o Desenvolvimento e Ordenamento territorial.

O conjunto de propostas elaborado por este fórum de estudos será, no princípio de agosto, apresentado aos eleitores figueirenses, seguindo-se um período de debate público que se pretende alargado e participado, no sentido de agregar propostas exequíveis mas diferenciadoras.