Após serem ouvidos no Tribunal de Leiria, esta quinta-feira, os quatro suspeitos de agredir idosos em várias regiões da zona centro,  saíram em liberdade, com termo de identidade e residência.
O juiz decidiu aplicar a coação menos gravosa, a 4 dos 5 detidos pela Polícia Judiciária. Apenas um dos membros ficou em prisão preventiva. E, entretanto, já um sexto elemento foi detido.
O morador de Vila Verde, no conselho da Figueira da Foz, desde junho que permanece em estado vegetativo, após múltiplas agressões e cortes por todo o corpo.