Despairing senior man

No passado mês de junho, um idoso, residente na freguesia de Vila Verde, na Figueira da Foz, ficou em estado vegetativo, até à data, depois de ter sido torturado durante mais de uma hora e meia, e ter ficado com lesões graves no crânio e nas costelas.
O gangue, composto por quatro elementos com idades entre os 22 e os 28 anos, foi detido pela Polícia Judiciária, esta terça-feira. O suposto objetivo do grupo era roubar ouro e dinheiro, mas acabavam sempre por agredir violentamente as suas vítimas.
No caso do idoso em Vila Verde, foi-lhe tirada a roupa, e com facas de cozinha, foram-lhe feitos múltiplos cortes por todo o corpo, incluindo a zona genital. O idoso, desmaiava e, segundo fontes, chegou mesmo a ter um AVC durante as violentas e constantes agressões. Sempre que perdia os sentidos, era acordado com água para lhe perguntarem novamente onde guardava o ouro e o dinheiro.
Também o sobrinho do homem e a namorada foram amarrados com cordas e agredidos.

A casa onde tudo ocorreu já tinha sido tentada assaltar, pelo menos, 3 vezes.